Soundboard //

QUOTES //

HISTÓRIA //

QUEDA DA REPÚBLICA


Antes de se tornar discípulo do lado sombrio, Darth Vader era Anakin Skywalker, um Jedi de bom coração e herói das Guerras Clônicas. Na época, embora considerado o mais poderoso Jedi da galáxia, Anakin viola o código da Ordem casando-se secretamente com a senadora Padmé Amidala. Quando começa a ter visões de que Padmé morreria dando à luz, Anakin busca um modo de evitar esse destino. O Supremo Chanceler Palpatine, mentor do jovem Jedi, afirma que o lado sombrio é um caminho para obter essa habilidade: com o poder dos Sith, ele poderia evitar a morte das pessoas. Ao mesmo tempo, o chanceler revela que ele próprio é um Lorde Sith, Darth Sidious, e se dispõe a treinar Anakin. Confuso e em conflito, Anakin finalmente sucumbe às tentações de Sidious. Rebatizado como Darth Vader, ele se torna um agente do mal.


Sidious assume o posto de Imperador, e Vader ajuda o Império a destruir a Ordem Jedi. Sem compaixão, Anakin lidera uma legião de clones que invade o Templo Jedi, e ele mesmo mata os bem treinados Jedi e também os jovens noviços. No planeta de lava Mustafar, aonde ele tinha sido enviado para assassinar os líderes separatistas, Vader entra em confronto com seu antigo mestre e amigo Obi-Wan Kenobi. Anakin luta com extrema ferocidade, ignorando os pedidos de Obi-Wan para voltar à razão. No final, o Mestre Jedi supera o novo Sith. Vader é abandonado gravemente ferido e queimado nos bancos de um rio de lava, cheio de ira e ódio. Ele é encontrado pelo Imperador, colocado em uma assustadora armadura negra que o mantém vivo e ganha pulmões mecânicos que emitem um som sinistro de respiração a cada passo. Anakin Skywalker não existe mais.

OS TEMPOS DE ESCURIDÃO


Vader rapidamente torna-se um símbolo altamente visível do Império, atuando como o temido agente de Palpatine. Ele caça os Jedi fugitivos que escapam da Ordem 66, além de perseguir inimigos internos e externos. A súbita ascensão de Vader na hierarquia Imperial gera muitos rumores. Alguns Imperiais do alto escalão afirmaram que ele era uma criação de laboratório, desenvolvido para simular o derrotado separatista General Grievous, enquanto outros acreditaram que ele era um guerreiro com potencial aumentado pela tecnologia e treinado nas agora proibidas artes da Força. Apenas alguns acertaram a verdade: que Vader é o Jedi renascido Anakin Skywalker.

Vader envia agentes, como o Inquisidor, para encontrar não só Jedi fugitivos, como também novos sensitivos da Força que podem representar uma ameaça ao Império. Ainda sob as ordens de Palpatine, ele trabalha com o ambicioso e cruel Grande Moff Tarkin na supervisão da construção da Estrela da Morte e no massacre à resistência à tirania Imperial.

GUERRA CIVIL GALÁCTICA


Dezenove anos após sua luta com Obi-Wan Kenobi, Darth Vader continua a ser a mão tirânica do Império. Depois que a Aliança Rebelde rouba os planos da arma definitiva do Império, a Estrela da Morte, com dimensões planetárias, Vader lidera um ataque a uma nave supostamente rebelde, tentando recuperar os planos roubados e encontrar a localização da base rebelde. Nesse meio-tempo, a princesa Leia, líder rebelde, esconde as fitas de dados, e um pedido de socorro, dentro do droide R2-D2, enviando-o a Tatooine em busca de Obi-Wan Kenobi. Vader e seus stormtroopers matam todos a bordo, exceto a princesa, optando por levá-la à Estrela da Morte para ser interrogada. Leia se mostra capaz de resistir a uma sondagem mental, e Obi-Wan Kenobi, tendo recebido a mensagem de R2-D2, logo chega com o astromecânico, Luke Skywalker, Han Solo, Chewbacca e C-3PO. Vader e Obi-Wan se confrontam uma última vez, com o Lorde Sith fulminando seu antigo mestre. Luke, Leia e os heróis conseguem escapar, mas somente porque o Império permite: Vader havia colocado um dispositivo rastreador na nave deles, o que leva o Império à base secreta dos rebeldes. Quando a Estrela da Morte se aproxima, os rebeldes montam um ataque, e o próprio Vader entra na luta em seu caça estelar TIE Avançado. Voando pelos fossos da Estrela da Morte e prestes a liquidar o último dos rebeldes — Luke Skywalker em seu X-wing —, Vader e seus pilotos são atacados por trás pela Millennium Falcon. Ricocheteando para longe da Estrela da Morte e girando sem controle, Vader não consegue parar Luke. A estação espacial é destruída, mas Vader sobrevive e flutua pelos confins do espaço.


Após a destruição da Estrela da Morte, Darth Vader fica obcecado em encontrar Luke Skywalker. Ele tinha espalhado droides de sondagem pela galáxia e finalmente localiza a base rebelde no remoto planeta gelado Hoth. Quando ele chega, os rebeldes já haviam escapado, mas ele persegue incansavelmente os amigos de Luke. Como o Império é incapaz de prender a Millennium Falcon, Vader contrata caçadores de recompensas para seguir a nave espacial, e o letal Boba Fett enfim monta uma armadilha para os heróis na Cidade das Nuvens. Acreditando terem encontrado refúgio, na verdade Han, Leia e companhia encontram Vader e o Império à sua espera. Tentando atrair Luke a Bespin, Vader tortura Han Solo e depois o mantém congelado em carbonita. Por fim, Luke, que tinha interrompido o treinamento Jedi para salvar os amigos, chega e duela com Vader. O Lorde Sith mostra que é muito poderoso. Ele agride Luke lançando-lhe escombros e por fim decepa sua mão direita com o sabre de luz. Tentando levar Luke para o lado sombrio, Vader revela que é seu pai — um choque profundo que desorienta o jovem Jedi. Em vez de se unir a Vader, Luke decide se lançar em um abismo profundo. E sobrevive.


Com o Império esperando esmagar a Aliança Rebelde de uma vez por todas, começa a construção de uma segunda Estrela da Morte. Darth Vader e o Imperador supervisionam pessoalmente sua finalização, embora o mestre de Vader tenha outro plano: atrair Luke Skywalker para o lado sombrio da Força. Vader e o Imperador esperam que Luke venha a eles, o que ele realmente faz; o jovem Jedi acredita que ainda existe algo de bom em seu pai e tenta levá-lo de volta para o lado bom. Vader está em conflito, mas ainda assim traz Luke à presença do Lorde Negro. O Imperador provoca e incita Luke, induzindo um duelo final entre Vader e seu filho. Cedendo ao ódio, Luke supera Vader, cortando-lhe a mão, e está pronto para desferir o golpe mortal. O Imperador ordena que Luke mate o pai e se junte ao lado sombrio, mas o jovem Jedi recusa, optando, em vez disso, por jogar fora o sabre de luz. Furioso com a recusa, o Imperador tortura Luke, lançando-lhe um relâmpago da Força. Vader se levanta e, com o lado bom despertado pela compaixão de seu filho, destrói o Imperador. Embora Vader tenha sofrido ferimentos fatais provocados pelo relâmpago do Imperador, seu ato final de redenção restaura a consciência de Anakin Skywalker, e ele tem um último instante com Luke antes de aceitar pacificamente a morte.

Itens relacionados //