HISTÓRIA //

QUEDA DA REPÚBLICA


O Supremo Chanceler Palpatine, com o auxílio dos geonosianos, conspira para construir a primeira e terrível Estrela da Morte, uma arma diferente de tudo o que a galáxia já viu. No início das Guerras Clônicas, Palpatine, que secretamente é Darth Sidious, um Lorde Sith, manda seu aprendiz Darth Tyranus (também conhecido como Conde Dookan) levar os planos de Geonosis para Coruscant.

Enquanto as Guerras Clônicas se estendem, a Estrela da Morte toma forma secretamente no espaço acima de Geonosis. O acesso ao antigo mundo Separatista fica restrito e pouquíssimos na hierarquia Imperial podem saber sobre a construção da estação de batalha.



OS TEMPOS DE ESCURIDÃO


Inicialmente, o Império indica o Vice-Almirante Rancit para supervisionar a rede de bases protetoras da Estrela da Morte, um esforço supervisionado pela Base Sentinela remota. O substituto de Rancit, Wilhuff Tarkin, enfrenta vários desafios, de atrasos de remessas e faltas de matérias-primas a prazos de engenharia não cumpridos e tentativas de sabotagem. Tarkin prova ser um comandante capaz, e Palpatine o recompensa tornando-o Grande Moff com maior controle sobre o projeto. Tarkin se torna o maior campeão da estação de batalha, considerando-a a chave para subjugar toda a resistência à tirania de Palpatine.



GUERRA CIVIL GALÁCTICA


O Império conclui a construção da Estrela da Morte, mas os espiões da Aliança Rebelde conseguem roubar as fitas de dados que contêm as plantas. Sua meta: encontrar um ponto fraco na superestrutura e explodi-la. Darth Vader, agente imperial que serve o Imperador e o Grande Moff Tarkin, lidera uma caçada imperial para recuperar os planos. Embora não tenha êxito na empreitada, o Sith captura a princesa Leia Organa, suspeita de ser simpatizante dos rebeldes. Em uma demonstração do poder da Estrela da Morte, o Grande Moff Tarkin usa a estação espacial para destruir o planeta natal da princesa, Alderaan, matando bilhões.

Após o resgate da princesa, contudo, os planos roubados, que Leia tinha escondido no droide R2-D2, são finalmente entregues à Aliança. Descobre-se que um torpedo de prótons, disparado com precisão em um pequeno duto de ventilação, pode desencadear uma reação capaz de destruir a Estrela da Morte. Os rebeldes lançam um ataque desesperado, e um jovem piloto chamado Luke Skywalker, que tem o poder da Força, pilota um X-wing até o fosso da Estrela da Morte, disparando o tiro impossível. A estação espacial é destruída e, com ela, Tarkin. Darth Vader, no entanto, escapa em seu TIE Avançado.

Itens relacionados //