QUOTES //

HISTÓRIA //

GUERRA CIVIL GALÁCTICA


Han Solo, junto com seu amigo Chewbacca, é contratado por Obi-Wan Kenobi e Luke Skywalker para levá-los a Alderaan. Han se gaba de que sua nave, a Millennium Falcon, pode percorrer o Corredor de Kessel em menos de 12 parsecs; não se sabe se isso é verdade, mas ele precisa do trabalho: o contrabandista está atolado em dívidas com o senhor do crime Jabba, o Hutt, que está oferecendo uma recompensa por sua cabeça. Reagindo a uma ameaça na cantina de Mos Eisley, Han liquida Greedo, um dos caçadores de recompensas de Jabba que estava tentando ganhar um bom dinheiro em troca do coreliano. Mais tarde, ele tem uma conversa com o próprio gângster e convence Jabba a lhe dar mais tempo — embora isso vá custar 15% a mais.


O grupo parte para Tatooine, abrindo caminho por entre os stormtroopers imperiais que estão procurando pelos droides de Luke. Na viagem, torna-se claro que Han não acredita na Força. Ele diz: "Não há campo de energia mística que controle meu destino". Eles chegam enfim a Alderaan — ou ao lugar onde Alderaan deveria estar. O planeta foi totalmente destruído pela Estrela da Morte do Império, e a Millennium Falcon é logo pega no raio de tração da estação espacial. Na Estrela da Morte, eles resgatam a princesa Leia Organa, com quem Han discute intensamente — mas perdem Obi-Wan. 


Eles fogem para Yavin 4, local da base secreta dos rebeldes, e entregam os planos da Estrela da Morte à Aliança. Enquanto o grupo recém-formado planeja um ataque ao posto avançado imperial, Han recebe uma recompensa por resgatar a princesa e decide ir embora — uma decisão que desaponta seus novos amigos. "Eu sei o que estou fazendo", diz ele a Chewbacca. No entanto, perto do fim da batalha, quando Luke está prestes a ser abatido por Darth Vader, Han e Chewie voltam com a Millennium Falcon. Eles tiram os caças TIE do encalço de Luke, e ele dispara um tiro certeiro, destruindo a temida Estrela da Morte.


Han continua com a Aliança Rebelde e ajuda a estabelecer sua nova base no planeta gelado Hoth. Quando Luke não retorna de uma ronda de rotina, Han parte sozinho no frio intenso para encontrá-lo. Ele finalmente localiza o jovem Jedi, mas Luke está gravemente ferido e prestes a morrer congelado. Desesperado para salvar seu amigo, Han usa o sabre de luz de Luke para cortar ao meio seu tauntaun e põe Luke dentro do animal para aquecê-lo. Na manhã seguinte, os dois são encontrados pela Aliança, e Luke sobrevive.


Mas os velhos problemas persistem: Han ainda é procurado por Jabba, o Hutt, e tem de quitar sua dívida. Quando se prepara para sair, ele e Leia têm uma discussão. As bravatas de Solo podem deixá-la furiosa, mas está claro que existe alguma coisa entre eles. O Império ataca repentinamente a base, e Han muda seus planos, levando Leia na Millennium Falcon.


Perseguido através de um campo de asteroides e por toda a galáxia, eles por fim aterrissam na Cidade das Nuvens, terra de Lando Calrissian, velho amigo de Han. Embora Han acredite que eles agora estão seguros, as coisas estão muito piores: graças ao caçador de recompensas Boba Fett, o Império chegou antes deles. Han é torturado por Darth Vader, que usa o sofrimento do piloto para atrair Luke a uma cilada, e depois é congelado em carbonita. Antes de ele ser colocado dentro da rudimentar câmara de congelamento, Leia finalmente diz a Han que o ama. "Eu sei", responde ele. Boba Fett leva Han congelado a Jabba, o Hutt, em Tatooine, obtendo uma ansiada recompensa pelo ex-contrabandista.


Jabba, o Hutt, instala em uma parede do palácio a placa de carbonita em que Han está preso e chama de sua "decoração favorita". Mas os amigos do piloto planejam uma missão de resgate, e Leia, disfarçada como o caçador de recompensas Boussh, liberta Han no meio da noite. Ele contrai a doença da hibernação, o que inclui cegueira temporária, e o reencontro dos dois é de curta duração: Jabba sabia o tempo todo que era uma encenação e captura os dois. Porém, Luke Skywalker logo chega, dizimando o bando do gângster e salvando os amigos. De certa forma, Han dá o troco a Boba Fett, disparando acidentalmente o propulsor do caçador de recompensas e lançando-o descontrolado para dentro do Sarlacc.


De volta à Aliança Rebelde, Han é promovido a General. Ele dá a Millennium Falcon a Lando, para ser usada no ataque à nova Estrela da Morte, e se oferece para liderar a missão de destruir o gerador de escudos da estação espacial. Ele e seu grupo de assalto aterrissam na Lua Florestal de Endor, onde encontram Troopers Batedores e são capturados pelos Ewoks — uma espécie primitiva que confunde C-3PO com um deus. Ironicamente, Han descobre que ele próprio é o prato principal de um banquete em homenagem ao droide dourado. Contudo, graças ao raciocínio rápido de Luke, os Ewoks libertam os rebeldes e os aceitam na tribo. Isso demonstra ser uma importante aliança. O Imperador sabe do plano dos rebeldes e deixa à espera deles toda uma legião com seus melhores soldados. Quando tudo parece perdido, os Ewoks entram na luta — sua presença e suas armas artesanais permitem mudar o rumo da batalha. Han destrói o gerador de escudos, as forças rebeldes abatem a Estrela da Morte II e a galáxia se torna livre novamente.

Itens relacionados //