Os Melhores Jogos de Star Wars da Geração de 8 Bits

Nos anos 1980, a galáxia muito, muito distante veio para o NES. Os resultados foram clássicos -- e estranhos.

Da última vez, zeramos os melhores jogos de Star Wars da geração Atari. Agora estamos partindo para o mundo de 8 bits — quando a Nintendo trouxe de volta os jogos de uma forma grande, bem grande. Sabe, os jogos meio que bombaram por um tempo depois que o Atari atingiu o topo, mas uma empresa de brinquedos do Japão revigorou a indústria e a transformou no gigante que é hoje. Mas, apesar de um renascimento que produziu alguns dos jogos mais emblemáticos já criados (Super Mario Bros., Tetris, etc.), não era exatamente um grande momento para os títulos de Star Wars. Às vezes, os melhores não são os maiores, mas olha só, pelo menos havia opções para fãs obstinados como nós.

Star Wars (Versão americana)
A versão do Nintendo Entertainment System (NES) de Star Wars explorou mais do filme do que as antecessoras. Você jogava como inúmeros personagens, explorando ambientes em Tatooine, ultrapassando as linhas imperiais e até mesmo mexendo nas armas da Millenium Falcon enquanto ela lutava contra caças TIE. E sim, terminava com você assumindo a Estrela da Morte, embora nomeadamente a partir de uma perspectiva de cima para baixo, em oposição à primeira pessoa das versões originais de Atari e arcade de Star Wars.

Star Wars (Versão japonesa)
Dois jogos com o mesmo nome na mesma lista? Uma vez que não conheço muitos colegas que descreveriam a versão Famicon de Star Wars como um grande jogo, ele certamente tem um lugar especial em muitos corações, porque ele é muito bizarro mesmo. Você joga como Luke Skywalker, guiando-o através de um jogo de plataformas 2D onde você enfrenta repetidamente “notáveis” inimigos de Star Wars, como um escorpião gigante ou tubarão. Não se lembra deles? Então, é porque a versão japonesa da história toma algumas liberdades, colocando-o em diversas situações não-canônicas, onde Darth Vader aparentemente se transforma em outras criaturas. Ainda assim, você pelo menos tem que usar os revólveres da Millenium Falcon e explodir a Estrela da Morte na icônica corrida de trincheira, então, acho que o jogo possui algum atrativo, certo?

Star Wars: O Império Contra-Ataca
Chegando ao fim da era NES, O Império Contra-Ataca foi um belo jogo de 8 bits, o qual incluía a música do compositor John Williams. Ao contrário de muitos dos outros títulos de Star Wars antes desse, o jogo te conduzia por uma aproximação bastante real da história do filme, com exceção de Luke lutando contra toneladas de wampas em Hoth e insetos gigantes em Dagobah. Ao olhar para trás, é quase difícil de acreditar que ele saiu no NES, especialmente porque tinha amostras de voz e imagens impressionantes dos atores reais dos filmes. Infelizmente, nunca tivemos uma continuação adequada no NES porque chegou perto do lançamento do Super Nintendo Entertainment System.

Como a geração Atari, as escolhas para jogos de 8 bits de Star Wars foram um pouco limitadas. Enquanto alguns dos títulos foram certamente memoráveis por suas tomadas pouco fiéis dos filmes Star Wars, todo o potencial da franquia ainda não havia sido realizado. Felizmente, nossa próxima peça nos lançará para a era mágica de consoles de 16 bits e jogos para PC.

Anthony Gallegos é um escritor freelance que ama Star Wars e video games. Ele escreveu para publicações como IGN, GameSpy, 1UP, EGM e Games for Windows: A Revista Oficial. Você pode segui-lo no Twitter em @chufmoney.

TAGS: