SWCE 2016: 15 coisas que aprendemos com o Painel de Rogue One: Uma História Star Wars

As principais notícias e destaques do Painel de Rogue One: Uma História Star Wars em Londres!

Os realizadores e elenco do próximo Rogue One: Uma História Star Wars se reúnem esta noite — em um painel especial organizado pela Gwendoline Christie — na Star Wars Celebration Europe 2016. Eles falaram sobre seus personagens, suas experiências fazendo o filme, e muito, muito mais. Aqui estão 15 das principais perspectivas, destaques e surpresas do painel.

Star Wars Celebration - Rogue One Panel

Da esquerda para a direita: John Knoll, Kiri Hart, Gareth Edwards, Kathleen Kennedy, Forest Whitaker, Mads Mikkelsen, Alan Tudyk, Wen Jiang, Donnie Yen, Felicity Jones, Riz Ahmed, Diego Luna, Ben Mendelsohn e Gwendoline Christie. (Foto de Ben A. Pruchnie/Getty Images para Walt Disney Studios)

1. Rogue One vai parecer e fazer sentir que é único em relação a todos os outros filmes estabelecidos em uma galáxia muito, muito distante. “É um estilo diferente de qualquer outro filme Star Wars,” disse a presidente da Lucasfilm Kathleen Kennedy. Ela contou ter visto o diretor Gareth Edwards,decâmera no ombro, testando tiros no estilo guerrilha como um sinal de que este filme seria diferente. “Eu acho que é isso que é tão surpreendente sobre seu estilo”, disse ela. “Esta vai ser uma experiência incrivelmente imersiva quando você ver Rogue One.”

2. Gareth Edwards ficou fascinado quando conheceu um tal Jedi. “Tem sido a experiência mais insana, mais surreal,” disse Edwards. Um dia, alguém o cutucou e perguntou, “Você quer conhecer o Luke Skywalker?” Mark Hamill foi visitar o set e estava vestindo uma camiseta do Godzilla;Edwards havia dirigido o Godzilla de 2014. “Eu não sei o que eu disse a ele”, disse Edwards. Mas ele teve um pensamento: “Por favor Senhor, que alguém esteja tirando uma foto disso.” Mais tarde, Edwards revelou que um George Lucas também fez uma visita e dedicou um momento para prestar uma homenagem ao criador de Star Wars. “Nada disso estaria acontecendo se não fosse por George Lucas”, disse ele. “O cara é um gênio.”

3. O conceito do filme — o roubo dos planos da Estrela da Morte pelos rebeldes — remonta ao programa de TV Star Wars de ação ao vivo uma vez planejado e discutido por volta de 13 anos atrás. A ideia veio de John Knoll, inovador de efeitos digitais na Industrial Light & Magic, que pensou que um conto no estilo Missão Impossível se encaixaria bem no programa. Ele abandonou a ideia, no entanto, quando ouviu o cronograma para a série, que não se encaixava com uma história pré-Uma Nova Esperança. Porém, quando a Lucasfilm anunciou a série independente de filmes, knoll lembrou de sua história “Eu estava pensando, ‘A ideia original poderia ser um bom filme independente,’” disse ele. Quanto mais as pessoas ele contava a ideia, mais ele era encorajado a lançá-la formalmente. Finalmente, ele fez, e o resto é uma história de Star Wars. Knoll pensou, “Se eu não [lançar], eu sempre questionarei o que aconteceria se eu tivesse.”

4. Prepare-se para visitar as praias ensolaradas de Scarif — essa é a praia vista pelo mundo no teaser. E filmar em um local tão mundo real (não) foi difícil para ninguém. “Acontece que foi estabelecido no paraíso,” disse Edwards. “Então, tivemosque ir ao paraíso para filmá-lo.”

Rogue One: A Star Wars Story Teaser Poster

5. Novo pôster revelado! Veja acima. Não precisa dizer mais. (E todos os participantes receberam um no final do painel!)

6. O diretor Krennic sabe como fazer uma entrada. Ben Mendelssohn, que interpreta o vilão de capa do filme, subiu ao palco em traje de gala, rodeado por troopers da morte. Foi incrível. Ele voltaria mais tarde, vestido para esta galáxia.

7. Jyn Erso está fazendo o salto das telas de cinema para a sua prateleira de brinquedos: Gwendoline Christie revelou a figura Black Series de 15,24 cm do personagem, vindo da Hasbro. “Me sinto muito privilegiadapor ter entrado no universo de bonecos Star Wars,”disse a atriz Felicity Jones. “Ela tem um cinto de armas muito legal no estilo Han Solo.” Esse é também o primeiro brinquedo Rogue One revelado!

8. Felicity Jones vê Jyn como um novo tipo de heróina de Star Wars. “Eu sinto que há uma grande diferença entre Jyn e outros heróis de Star Wars, Rey e Luke. Ela não é um personagem perguntando: ‘Quem sou eu e de onde eu vim?’ Pelo contrário, Jyn sabe de onde ela veio eoque impulsionasuahistória e jornada.”

9. Agora sabemos o trabalho do Cassian. O personagem, interpretado por Diego Luna, é inteligência rebelde. Dentro da equipe montada para a missão, ele é um tanto pacificador, suavizando as coisas quando há atrito. E ele também tem um “melhor amigo” bastante estranho.

10. K-2SO, o droid dublado por Alan Tudyk, é próximo de Cassian — mas ele também pode ter um parafuso solto. Literal e figurativamente. O droid era originalmente um Imperial, e foi reprogramado por Cassian. No entanto, algo não deu muito certo. “Ele é meio desligado”, disse Tudyk. “Ele fala o que pensa e diz coisas que podem ser desconcertantes. Muito honesto. Se você conhece alguma pessoa de idade, ele é assim.” O que provavelmente deixou o papel muito mais divertido para o ator. “Foi muito bom interpretá-lo”, acrescentou.

11. Você não pensava que alguém neste esquadrão usaria o Imperial cog em sua luva. Mas há quem faça! Bodhi, interpretou Riz Ahmed, ostenta a insígnia do Império, porque ele serve no Império, claro e simples. “Bodhi é um piloto e trabalha para o Império para ganhar a vida”, explicou Ahmed. “Você sabe, as pessoas trabalham em grandes organizações, elas não concordam com tudo o que fazem. Ele está meio que questionando as coisas.” Sua cidade natal é um planeta ocupado, e as ações do Império por lá o fazem “questionar seu conselheiro de carreira.”

12. Havia ainda mais revelações sobre personagens e planetas. Jedha é um outro mundo novo em Rogue One, e a casa de Chirrut, o guerreiro cego de Donnie Yen com habilidade de manejar o bastão. “Eu não posso ver, mas eu posso sentir com o coração e acreditar na Força”, disse Yen. Chirrut também tem um amigo — o rude Baze. Sobre Baze, o ator Jiang Wen disse: “Baze tem uma arma. Ele tem uma enorme arma.” Parece que ele e o Chirrut serão uma boa combinação. Forest Whitaker, interpretando o veterano rebelde Saw Gerrera, descreveu seu personagem e sua facção rebelde como sendo extremos, dispostos a derrotar o Império “a qualquer custo”. Ele acrescentou que voltou e assistiu todos os episódios do Saw de Star Wars: A Guerra dos Clones, que mostra sua ascensão como um líder rebelde e o tempoem que lutavaao lado do Jedi.

13. Star War sé muitas vezes uma história de família, e este tema estará presente em Rogue OneGalen Erso, interpretado por Mads Mikkelsen, é o pai de Jyn. No entanto, ele ainda permanece um mistério. “Ele é um cientista e havia inventado algo tão bonito, tão fantástico, que poderia mudar o universo”, disse Mikkelsen.

14. Darth Vader irá soar como Darth Vader: James Earl Jones está dublando o Lorde Sith mais uma vez. Edwards viajoupara Nova York para a sessão de narração com Matthew Wood da Skywalker Sound. Quando Jones entregou a linha, “PODER”, Edwards resumiu suas reações de forma sucinta. “Nós olhamos um para o outro e tivemos nerdgasmos.”

15. Um filme especial de bastidores foi exibido, agora lançado para os fãs. Tem alienígenas, explosões, e algumas surpresas. Assista aqui acima e se prepare para se rebelar.

Dan Brooks é escritor de conteúdo sênior da Lucasfilm e editor do blog StarWars.com. Ele ama Star Wars, ELO, e os New York Rangers, Jets, e Yankees. Siga-o no Twitter @dan_brooks, onde ele fala sobre todas essas coisas.

 

Galeria do Painel Rogue One

Star Wars Celebration 2016

TAGS: ,