SWCO 2017: 10 Coisas que Aprendemos com o Painel Star Wars: Os Últimos Jedi

Descubra todos os detalhes importantes revelados pelo diretor Rian Johnson e as estrelas de Star Wars: Os Últimos Jedi.

Kathleen Kennedy, Rian Johnson e alguns convidados surpresa – John Boyega, Daisy Ridley, Kelly Marie Tran, Mark Hamill e até mesmo BB-8 – fizeram revelações sobre Star Wars: Os Últimos Jedi hoje na Celebration Orlando. Em uma conversa conduzida por Josh Gad, os fãs foram presenteados com as fotos dos bastidores do próprio Johnson e algumas curiosidades sobre onde nossos heróis e a galáxia estão em Os Últimos Jedi. Ah sim – o painel também viu a estreia de um trailer oficial e um belo cartaz. (Que foi dado a todos na plateia!) Aqui está o que aprendemos, juntamente com algumas das fotos dos bastidores mostradas durante o painel.

1. O trabalho continua em Os Últimos Jedi. Mas todos os envolvidos estão muito animados com o que foi feito e o que está por vir. “Estamos em pós-produção”, disse Johnson. “Ainda estamos editando, mas estamos bastante adiantados.”

Kathleen Kennedy foi particularmente efusiva em seu elogio a Johnson e Os Últimos Jedi. “Ele está a caminho de ficar ao lado de muitos dos grandes cineastas com quem eu tive a oportunidade de trabalhar”, disse ela. “Ele tem uma singularidade surpreendente no que ele faz.”

2. Johnson também trabalhou como um fotógrafo não oficial dos bastidores. O diretor tinha sua câmera de filme Leica pendurada no pescoço no painel. Algo bastante apropriado, porque isso também foi uma constante durante as filmagens de Os Últimos Jedi. “Eu estava com minha câmera no braço o tempo todo”, disse ele. “Qualquer coisa legal que eu via, eu fotografava.”

Johnson também mostrou uma foto de si mesmo assinando o Millennium Falcon. “É uma vantagem do trabalho”, disse ele, acrescentando que você pode ver isso” se você olhar muito de perto qualquer um dos sobrevoos.” (Não tenho certeza sobre isso…)

3. O legado de Leia e Carrie Fisher continua. Tanto Johnson quanto Kennedy comentaram o papel de Leia em Os Últimos Jedi, bem como o impacto de Carrie Fisher. “Carrie é notável no filme”, disse Kennedy. “A atuação que ela acaba tendo, acho que vocês vão encontrar um tributo incrível ao seu talento.”

Johnson contou como ele passou muito tempo com Fisher, aprendendo muito com ela. “Eu a amo tanto, cara”, disse Johnson. “Eu simplesmente a adoro. E eu me conectei primeiramente com ela como escritora. Ela tinha uma mente brilhante, e eu me sentava na cama dela por horas, lendo o roteiro, e nós tínhamos essas sessões improvisadas de fluxo de consciência. No final, haveria uma linha de quatro palavras de diálogo que sairia disso.”

Nós também tivemos nossa primeira visão de Leia no filme – uma foto nos bastidores com Johnson – apresentando a general com cabelo penteado para trás e uma túnica cinza. Isso arrancou muitos aplausos da plateia.

4. A história de Rey avança. Enquanto Daisy Ridley esteve compreensivelmente de lábios fechados sobre detalhes específicos sobre Rey – apesar de Josh Gad ter sido muito direto – “Você e Luke são parentes próximos? Você é uma Skywalker? Quem não sabe seu próprio sobrenome? Você é como a Madonna de Jakku?”- ela ofereceu alguns detalhes. “Vamos aprofundar a história de Rey”, disse ela. “E Rey tem uma certa expectativa do que ela poderia ganhar de Luke, e o que isso poderia implicar. E como muitas pessoas sabem, é difícil quando você encontra seus heróis porque eles podem não ser o que você espera.”

Enquanto Ridley creditou os cineastas por realmente criar Rey, Johnson foi rápido em redirecionar o elogio. “A tenacidade e a bravura, o humor e a profundidade, e tantas coisas que fazem as crianças quererem ser Rey – assim como para Leia, elas vieram de Carrie – isso é da Daisy”.

5. BB-8 contra ataca. Gad comentou que BB-8 foi talvez seu personagem favorito em O Despertar da Força, particularmente por quão engraçado ele era. Haveria mais momentos cômicos com o astromecânico em forma de bola em Os Últimos Jedi? Johnson confirmou, e ele está animado para que todos vejam o que o BB-8 vai fazer. “Ele é o Buster Keaton deste filme.”

6. Finn também contra ataca! John Boyega também comentou o estado de Finn – que não era lá muito bom no final de O Despertar da Força. “Ele está em recuperação e estará de volta em Os Últimos Jedi. Ele não está brincando, desta vez.” Boyega confirmou que a amizade entre Finn e Poe continuará (“Poe é meu garoto!”) E que Finn vai enfrentar questões no filme. “Em Os Últimos Jedi, haverá um teste para todos os personagens.”

7. As coisas não estão boas na galáxia. Enquanto a Base Starkiller foi destruída em O Despertar da Força, a Primeira Ordem ainda aniquilou muitos planetas e o coração da República. O campo de jogo foi nivelado, e a Primeira Ordem está no ataque. “As coisas vão ficar terríveis”, disse Johnson.

8. Rose! Os Últimos Jedi introduzirá alguns personagens novos, que incluem uma trabalhadora da manutenção da resistência chamada Rose, representada pela diminutiva Kelly Marie Tran. Mas tudo sobre o filme era tão secreto, que Tran não disse a sua própria família que ela conseguiu o papel até quatro meses depois. Para manter seu disfarce de que ela estava em uma filmagem independente no Canadá, ela até comprou xarope de bordo para dar de presente. “Eu estava tipo, eu estou me comprometendo com isso.”

Johnson explicou por que ele está tão animado com o personagem. “A noção de que qualquer um de nós pode se transformar em herói, é daí que o personagem de Rose vem”, disse ele. “Kelly simplesmente encarna isso para mim.”

9. Mark Hamill adora o Sargento Bilko… e Rian Johnson. O lendário ator subiu ao palco por último e comentou seu primeiro encontro com Johnson sobre o roteiro. Johnson veio à casa de Hamill, onde eles conversaram sobre o filme. Hamill também fez uma exibição especial para o diretor – seu episódio favorito do Sargento Bilko. Mas ao comentar o filme, Hamill foi honesto com Johnson. Ele sentia que os personagens originais tinham um começo, um meio e um fim, e ele não queria arruinar isso. “‘Estou apavorado'” Hamill disse a ele. “E ele disse: ‘Eu também.’ Esse é um diretor que eu posso amar.”

E parece que trabalhar com Johnson foi gratificante. “Nesta experiência, ele foi para o topo [da lista] dos meus diretores favoritos de todos os tempos. Eu não poderia ter feito o filme sem ele”, disse Hamill. “Eu totalmente entreguei minha representação a Rian. Eu sabia que se ele estivesse satisfeito, então estaríamos fazendo direito.”

10. Esse trailer oficial e cartaz. Praticamente o final perfeito. Quem está animado?

Dan Brooks é escritor de conteúdo sênior da Lucasfilm e editor do blog StarWars.com. Ele ama Star Wars, ELO e os New York Rangers, Jets, e Yankees. Siga-o no Twitter, em @dan_brooks , onde ele fala sobre todas essas coisas.

TAGS: